Como abrir uma empresa e tirar seus sonhos do papel

Para muitas pessoas, abrir uma empresa é sinônimo de independência e liberdade financeira, uma verdadeira chance de mudar de vida. Para outros, significa legalizar um negócio que já vai indo bem, formalizando-o e ganhando acesso a crédito e novos fornecedores. Antes de mais nada, é preciso lembrar que abrir uma empresa pode sim fazer seus sonhos se tornarem realidade mas também traz muitas responsabilidades e obrigações. Neste artigo daremos o caminho das pedras para que a empresa de seus sonhos não se transforme em um pesadelo e sim em uma base sólida para que seus objetivos sejam alcançados.

Idealizando o seu negócio

como-abrir-uma-empresaQuando estão empolgadas e otimistas, as pessoas muitas vezes abrem mão de se planejarem bem e não cuidam de cada detalhe de seu novo negócio. Antes de solicitar o cadastro de uma nova empresa, é necessário fazer um plano de negócios. Este plano servirá como guia durante todo o processo de implantação da empresa até que seja necessário revê-lo caso alguma previsão não se concretize.

No plano de negócios de como abrir uma empresa você deverá fazer um levantamento de todos os custos, receitas, oportunidades e riscos previstos para a sua empresa. Considere os custos como o ponto, aluguel, empregados, aquisição de matéria-prima ou artigos para revenda, mobiliários, licenças de softwares e tudo mais o que for necessário para que seu negócio possa acontecer. No final, você será capaz de saber em quanto tempo terá o retorno do seu investimento e qual o lucro esperado. Achar que o plano de negócios só é necessário para atrair investidores é um grande engano, pois ele dirá para você mesmo a viabilidade de implementação do seu negócio. O SEBRAE oferece em seus sites diversos modelos de planos de negócios que poderão ajudá-lo como um guia de como abrir uma empresa.

Se tratando de uma empresa do tipo micro empreendedor individual, hoje em dia a abertura de empresa está bastante simplificada e pode ser feita em poucas horas gratuitamente. Esta empresa, porém, está limitada ao faturamento de R$5.000 mensais e a contratação de apenas um funcionário. Caso tenha uma previsão de faturamento superior a este valor, será necessário abrir uma empresa padrão, segundo os procedimentos a seguir.

Registrando uma empresa

como-abrir-cnpj-empresaSe o seu plano de negócios está consistente e você está disposto a levá-lo adiante, chegou a hora de registrar a sua empresa e tirá-la do papel. A jornada parece longa, mas pode ser facilitada com a contratação de empresas de contabilidade especializadas nestes processos que agilizarão todo o procedimento de abertura da empresa com sua experiência na área.

1)      Defina a natureza comercial: você precisará indicar se sua empresa será de prestação de serviços, comércio ou indústria.

2)      Defina a natureza jurídica: indique se a empresa será uma Sociedade Limitada, Sociedade Anônima, Cooperativa, Associação, Micro Empreendedor Individual, dentre outros.

3)      Realize consultas do nome da empresa, imóvel e sócios: você precisará escolher três possíveis nomes para a razão social de sua empresa, que precisará ser único. Não confunda com a marca, que deve ser registrada individualmente. A consulta do nome deverá ser realizada na Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoas Jurídicas de suas cidades e em algumas cidades pode ser feito online. Outra consulta importante é sobre a possibilidade de utilização do imóvel para as atividades comerciais pretendidas junto à prefeitura local. Por fim, se houver sócios, é necessário verificar a situação cadastral de todos eles junto à Receita Federal, Estadual, Municipal e Junta Comercial.

4)      Registre o Contrato Social: crie o Contrato Social de sua empresa segundo modelos indicados pelo SEBRAE ou pelo escritório de contabilidade de sua preferência. Em seguida, registre-o junto à Junta Comercial.

5)      Obtenha o CNPJ e Inscrição Estadual: O CNPJ é fornecido pela Receita Federal mediante apresentação do contrato social. Dependendo da atividade de sua empresa, você terá que obter uma Inscrição Estadual para a arrecadação de ICMS junto a Secretaria Estadual da Fazenda de seu estado.

6)      Obtenha a Inscrição Municipal: Na Secretaria de Fazenda de seu município, registre-se para obter a inscrição Municipal, que é obrigatória.

7)      Registro no INSS: Mesmo que sua empresa ainda não tenha funcionários, o registro no INSS é obrigatório e deve ser feito em algum Posto da Previdência Social.

8)      Solicite o Alvará de Funcionamento: Junto à prefeitura de sua cidade, solicite o alvará de funcionamento de seu estabelecimento. Os procedimentos serão diferentes de acordo com cada cidade, mas normalmente inclui uma visita ao local para verificar diversos aspectos sobre o funcionamento de seu negócio.

9)      Documentos fiscais: Uma vez que sua empresa já esteja registrada, você terá que solicitar à Agência da Receita Estadual mais próxima a permissão para emissão de notas e cupons fiscais. Essa operação poderá ser manual ou através de sistemas, mas deverão ser reportados mensalmente.

10)  Registros adicionais: pode ser necessário ainda cadastrar a sua empresa em sindicatos de classe, vigilância sanitária, dentre outros.

11) Prepare-se para ser empresário: Confira o material do Roberto Pantoja que ensina como se tornar um empresário. Ele aborda desde a criação da empresa até seu desenvolvimento e crescimento.

Com paciência e perseverança é possível abrir uma empresa rapidamente e colocar seus projetos no rumo certo.

Leave a Reply