Como Vender Mais na Internet: 5 Dicas que Valem Ouro

Agora que você já tem o seu site na internet e já tem ideia de como começar a vender produtos ou serviços online, talvez seja a melhor hora de aprender como vender mais na internet.

Muitos empreendedores fazem investimentos consideráveis em seu sites na internet, como a criação de artigos, layout otimizado e clean, plugins especiais, programação, etc. e nem sempre o retorno é  esperado, principalmente agora em tempos de avalanche de e-commerce e empresas físicas na internet no Brasil.

No entanto, é bom entender que mesmo com o todo o crescimento do mercado de vendas online no Brasil, ainda existe um espaço enorme em diversos nichos por aqui, até mesmo em nichos já concorridos, onde a concorrência é bem menor do que em outros países, como os Estados Unidos.

Este artigo não visa falar sobre escolha de nicho, uma vez que se você deseja vender mais, considera-se que você já iniciou seu trabalho de vendas e já tenha escolhido o seu nicho ou micronicho de atuação. Mas precisamos advertir: a escolha do nicho é essencial para o seu sucesso ou não. Nichos com uma demanda muito pequena não conseguem expandir, mas nichos com muita concorrência, requerem mais investimento, mais tempo e mais trabalho. O ideal é escolher nichos especializados de tamanho médio, que tenham uma boa demanda, uma concorrência relativamente baixa e alguns micronichos que você pode apostar dentro dele.

Indo direto ao assunto, preparamos algumas dicas infalíveis de como vender mais na internet:

Dica 1: Permita que seu cliente pague!

formas-pagamentoParece clichê colocar essa como a primeira dica em um artigo de como vender mais na internet para empreendedores digitais, que supostamente já sabem disso. Mas acredite, como comprador fiel de lojas online, posso garantir que mais da metade delas oferecem apenas cartões de crédito como forma de pagamento.

No entanto, milhares de pessoas não possuem cartão de créditos, seja por uma questão de economia  ou seja pela concentração de gastos em um único cartão de crédito, o qual é usado muitas das vezes apenas para contas principais.

Nada mais frustrante que você pesquisar preços, encher um carrinho e depois se deparar com escassas formas de pagamento e ter que abandonar a compra. Não cometa esse erro com seus clientes!

Um e-commerce ou qualquer outro negócio deve oferecer pelo menos as principais formas de pagamento do mercado digital de hoje:

  • Paypal: porque é líder e bem reconhecido no Brasil e fácil de usar;
  • Cartões de Créditos: use as principais bandeiras de cartões nacionais e internacionais;
  • Boleto Bancário: essa é uma opção muito importante e que poucos oferecem;
  • Depósito Bancário: a opção de depósito e transferência é uma das mais pedidas por clientes. E o melhor: você não precisa investir em nada!

Outras opções ainda podem ser acrescentadas, conforme seus clientes pedem, como BCash e pagseguro que tem crescido no Brasil nos últimos anos.

Como você vai saber quais são as melhores formas de pagamento para os seus clientes em especial? Observe! Sim, como empreendedor a sua primeira tarefa é sempre observar seus clientes, conheça-os, pense como eles pensam, trace uma linha de previsibilidade para os comportamentos gerais da sua clientela, se adiante!

Você pode obter tais dados por meio de uma enquete no seu próprio site e nas redes sociais ou ir fazendo testes e anotando em uma tabela os dados de escolha para contrastar com as porcentagens de finalização da compra e crédito aprovado. Se 35% dos seus clientes escolheram boleto bancário e destes 15% tiveram crédito aprovado, ou seja, pagaram o boleto, você tem aí um dado. Agora veja, quantos clientes optaram por cartão de crédito? Quantos tiveram o crédito aprovado? A partir destes dados, você vai montando seu planejamento.

Dica 2-  Permita que seu cliente seja seduzido!

BONECO LUPAEntenda isso: é indispensável! Se você trabalha com produtos que tem modelos, marcas e preços diferentes para artigos semelhantes, você precisa ter um sistema de comparação de produtos.

O cliente vai poder comparar dois produtos sem precisar sair da sua loja. Geralmente, quando ele está em dúvida entre dois modelos, ele digita no Google, o outro modelo que deseja comparar para visualizá-los em abas diferentes ao mesmo tempo, certo? Você provavelmente já deve ter feito isso como cliente alguma vez!

Se você oferece a opção de comparação de produtos, o seu cliente vai ver ambos os produtos ali na sua loja. Isso sem mencionar o fato de que se ele não gostou muito do modelo apresentado, ele pode por meio da comparação encontrar o modelo ou produto ideal, aquele que ele deseja e que ele vai comprar.

Para isto, é fundamental que seus produtos tenham descrição. Não basta apenas fazer uma descrição para o SEO do Google, você precisa descrever os detalhes técnicos e as principais características de cada produto, item por item, para que o cliente sinta confiança ao entrar na sua loja. Ao descrever os itens, você passa a credibilidade de quem é confiável porque entende dos produtos. Cores, peso, tamanho, acessórios, marca, detalhes, diferenças de outros produtos semelhantes, entre outros detalhes são relevantes. Observe que as grandes lojas do e-commerce usam esta estratégia.

Ainda nesta dica, colocaria um plugin de “últimos visualizados” e “produtos semelhantes”. Ambos vão estimular ainda mais que aquele potencial cliente gaste mais tempo na sua loja e saia dali com um produto pelo menos.

Dica 3- Esteja Online

SEO Perfect CompanyQuando você começou sua loja provavelmente correu atrás e aprendeu o básico de SEO, com o tempo e as obrigações do dia a dia, muitas vezes, deixamos de nos aperfeiçoar no nosso maior aliado em tempos de internet.

Fazer cursos de SEO com pessoas habilitadas e capacidades é sempre uma boa escolha, direcione os seus cursos e aprendizagem para SEO do e-commerce.  Quanto melhor ranqueado você for, mais vendas terá.

Marque na sua agenda, pelo menos um dia na semana para se dedicar a ler e empregar as dicas de SEO no seu e-commerce. Você pode fazer isso em dias com baixo movimento, por exemplo.

Estar online também significa estar presente nas redes sociais. Mantenha um perfil atualizado em pelo menos uma rede social. Não adianta postar uma foto hoje e outra no próximo feriado. O trabalho nas redes sociais deve ser constante. Caso não tenha tempo para atualizar todas, escolhe e foque apenas em uma.

Dica 4- Esteja Offline

PresenteIsso pode parecer contraditório: afinal, todos são estimulados a levar o seu empreendimento para o mundo on-line e agora eu digo para estar offline? Sim! Isso não significa que você precise de uma loja offline, mas que você precise de presença no mundo real.

Tenha um banco de dados com o endereço físico dos seus clientes e o telefone. Você pode captar essas informações por meio da oferta de códigos promocionais, promoção relâmpago para cadastrados, oferta de brindes, etc.

Envie uma carta de agradecimento com uma apresentação dos seus produtos para os seus clientes, isso fará com que eles se lembrem de você quando for fazer a próxima compra, entre no seu site para relembrar qual era mesmo a loja (e aí já visualizam os produtos), entre outros. Você passa credibilidade, o cliente entende que uma loja online que se preocupa em enviar uma correspondência não seria uma fraude.

Se quer mesmo conquistar esse cliente, envie um brinde junto a apresentação. Você pode escolher um brinde com um valor bem simbólico, mas algo que seja relacionado ao seu nicho e que faça com que aquele cliente se sinta muito especial. Em caso de lojas de roupa, pode enviar uma miniatura de uma peça feita para uma Barbie que tenha sua etiqueta, por exemplo. Artesanato é sempre uma boa pedida, cartões feitos a mão, entre outros.

Escreva em primeira pessoa, o quanto você está feliz em tê-la como cliente, fale sobre a ética da sua empresa, sobre o sucesso, as grandes conquistas. Mas fale também da sua preocupação com a satisfação deste cliente. Deseje um bom dia das mães, um feliz natal, um ano próspero, entre outros.

Você pode oferecer um cupom com código de desconto junto a carta, limite o tempo de uso para que a pessoa se sinta pressionado a usá-lo e aproveitar essa oportunidade exclusiva que você está dando a ela.

A carta deve ser de forma muito pessoal, mas isso não significa que não seja profissional. Valorize o papel que usa, a estética, a linguagem correta, a qualidade das imagens, etc. As cores e o todo o modelo deve seguir o padrão da sua loja, isso faz com que o cliente internalize a sua marca de forma inconsciente.

Claro que junto com a carta, o brinde, o código de desconto, você vai enviar um panfleto com seus principais produtos. A escolha dos produtos que estará no panfleto, deve ser de acordo com o perfil deste cliente. Faça uns 3 tipos ou mais de panfletos, de acordo com o perfil de cada cliente.

O custo para essa ação de marketing é muito baixo, você mesmo se tiver noção básica de photoshop ou outros editores consegue fazer um material profissional. O brinde você pode fazer algo reciclável (ex. uma agenda reciclável para o Início do Ano) ou comprar em grandes quantidades em sites chineses (ex. miniaturas). Claro que estou dando opções para quem tem um orçamento bem restrito, mas você pode ir expandindo suas possibilidades de acordo com o orçamento que você estipulou para esta campanha.

Agora, me responda: Quem é que não gosta de receber cartas surpresas, ainda mais se tiver um presentinho especial para você? Isso gera o chamado gatilho da reciprocidade que faz diferença na hora do cliente escolher entre uma ou outra loja.

Dica 5)  Esteja na sua Loja

live-chat-websiteO chat online é um dos plugins mais essenciais em qualquer loja virtual. A pessoa precisa ter uma forma de entrar em contato com você a qualquer hora do dia, se tiver alguma dúvida sobre o produto, se quiser saber mais sobre as formas de pagamento ou mesmo ter certeza que sua loja é confiável.

Ofereça um canal de comunicação mais amplo aos seus clientes: deixe sempre o seu endereço, telefone, e-mails de contato e o chat online. Mas entenda: só disponibilize os contatos que você responderá em até 24 horas. Se você não consegue gerir todos estes meios de comunicação, estude apenas o mais viável, aquele que deu mais resultados. Pior do que não oferecer uma forma de comunicar, é oferecer mil e não responder em nenhuma. Que cliente vai confiar numa empresa que não responder nem uma pergunta na hora da compra?

Enfim, estas são as cinco principais dicas para aumentar suas vendas. Todas elas falam basicamente de duas coisas: confiabilidade e proximidade. Passe confiabilidade aos seus potenciais clientes novos e se aproxime dos seus clientes. Essa não é uma receita milagrosa do sucesso de vendas, mas é a receita mais antiga que eu conheço e sempre funcionou!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
(Visited 1.390 times, 2 visits today)

Leave a Reply